Os mercados não têm produtos vegetarianos! Será?

IMG_5256.JPG

Por vezes ouço as pessoas ou a queixarem-se porque os estabelecimentos comerciais não têm produtos para quem está a mudar para uma alimentação vegetariana ou a reagirem efusivamente porque determinado estabelecimento numa determinada data vai ter à disposição produtos vegetarianos.

Eu diria que na verdade qualquer estabelecimento comercial sempre teve alimentos para seguir com uma alimentação à base de vegetais nós é que não estávamos, e por vezes continuamos a não estar, tão conscientes em relação ao nosso consumo. Falo das frutas, vegetais e mercearias. Para uma alimentação de base vegetal existem grupos de alimentos importantes para suprir as necessidades nutricionais e são eles, vegetais e frutas, cereais, leguminosas, oleaginosas, especiarias e ervas aromáticas e a todos eles, felizmente, conseguimos ter fácil acesso. 

Acredito que possam existir produtos industrializados "aptos para vegetarianos" que seja difícil resistir. Quer pela embalagem apelativa, pelo sabor (muitas vezes "viciado" pelos intensificadores de sabor e pela adição de açúcar), quer pela mensagem, enganadora, de que nos fazem poupar tempo e são mais práticos mas a verdade é que não há nada que chegue aos alimentos que se encontram naturalmente disponíveis na natureza. Nutricionalmente são mais ricos, podem servir para várias refeições, são mais baratos e depois é menos uma embalagem a poluir e a destruir habitats.

Costumava utilizar a desculpa da falta de tempo para justificar o consumo destes produtos mas depois reparei que gastava demasiado tempo em outras actividades que não eram assim tão importantes para mim e foi uma questão de avaliar prioridades. Afinal de contas, que pode ser mais importante que cuidar da nossa saúde? Assim sendo em vez de ficarem à espera que apareçam nas prateleiras embalagens com o símbolo Vegetariano/Vegan desfrutem de tudo o que já temos à disposição, criem refeições de raiz e voltem conectarem-se com o simples e natural.