Semana pelo combate à pobreza e à exclusão social

Dia 17 e dia 20 de outubro fui, a convite do Município da Mealhada, participar na semana pelo combate à pobreza e à exclusão social. Cozinha ao vivo sobre alimentação vegetariana/económica. Curiosamente um tema que despertou bastante  interesse entre as pessoas que por lá passaram.

No menu tínhamos tagliatelle com pangritatta de noz e alho,  Molho de cenoura com gengibre, molho de tomate, molho de ervilhas com menta e hummus. Para sobremesa umas mini tartes de maçã, isto no dia 17. No dia 20 fizemos massa de pão, esse tão humilde alimento, é de seguida uns rolinhos de cebola, uma focaccia e um pudim de pão rijo.

Como já disse numa outra publicação, o caro não é fazer uma alimentação saudável, o caro é estar na moda.Com este convite tive então a oportunidade de mostrar que com ingredientes simples e de fácil aquisição se conseguem fazer pratos saborosos e nutritivos.

O ser pobre não é razão para vergonha mas ainda assim a pobreza leva a população empobrecida a afastar-se da vida social. Nesta semana o Município da Mealhada proporcionou imensas atividades afim de apelar a inclusão social. Durante o dia 17 todas as utentes da Roda Viva, loja de apoio social deste mesmo município, tiveram oportunidade de arranjar os cabelos com  Marisa Cabeleireiros, maquilharem-se com a Sandra Lourenço Professional Make-up, tirar duvidas sobre cuidados de higiene com enfermeiros e farmacêuticos e ainda aquecer a alma com os sabores da Sardinha 😉 . Arranquei muitos sorrisos, e trouxe o coração cheio. Tanto pela oportunidade que me foi dada como pelo excelente feedback da população. Venham mais iniciativas como esta!

Noticias:

Bairrada informação

Câmara da Mealhada site

Câmara da Mealhada Facebook

2 Comments Add yours

  1. Que iniciativa boa Luísa! E que experiência enriquecedora. E tens toda a razão o saudável não tem de ser caro! Com os ingredientes mais simples e naturais se fazem as coisas mais deliciosas 🙂 como as receitas que fizeste.
    beijinho

    Liked by 1 person

    1. Estou tão feliz. É uma maneira de elucidar estas pessoas. De outra forma elas não têm acesso à informação.

      Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s