Não é por ser cá de casa mas esta lasanha arrasa! Tenho a certeza absoluta que fará as delicias de qualquer criança e podem até fazê-la em conjunto com elas. Qual é a criança que não gosta de por as mãos na massa? Toca a mandar a moleza embora que esta receita dá trabalho mas vale cada gota de suor.

Ingredientes para a marinada:

  • 200g de soja grossa texturizada
  • 250 ml de vinho branco
  • Meia cabeça de alho picada
  • Especiarias a gosto (sal, pimenta, alecrim, cominhos, coentro em pó, noz moscada, piri-piri, pimentão doce)

Ingredientes para o bechamel:

  • 50g de margarina vegetal
  • 500 ml de leite de coco
  • 3 colheres de sopa de farinha de trigo de uso geral
  • Fio de Azeite
  • Sal q.b
  • Pimenta q.b
  • Noz moscada q.b

Ingredientes para o recheio:

  • 1 cebola
  • 4 tomates grandes bem maduros
  • Azeite
  • A soja marinada
  • 6 cogumelos brancos grandes laminados e picados grosseiramente
  • Pasta fresca (200g de farinha, 2 ovos, água.)

Antes de tudo prepara-se a pasta. Enquanto repousa tratamos dos restantes ingredientes. Deixa-se a soja a marinar, re-hidratando no vinho e especiarias por meia hora. Para que o tempero fique mais homogéneo, mistura-se primeiro as especiarias no vinho, antes de mergulhar a soja. De seguida prepara-se o bechamel. Num tacho coloca-se a margarina a derreter com um pouco de azeite, junta-se a farinha, e acrescenta-se lentamente o leite de côco, mexendo sempre, com varetas, até engrossar. No fim, tempera-se com as especiarias e reserva-se. Coloca-se a refogar a cebola em azeite num tacho largo, juntam-se os cogumelos e deixam-se saltear, até perderem o volume e a água. Neste momento pode juntar-se o tomate, pelado e cortado grosseiramente em oitavos, deixando cozinhar por 5 minutos. Pode juntar-se também um pouco do leite de côco que tenha sobrado e um pouco de vinho branco, conforme necessário, enquanto o tomate cozinha. Junta-se a soja, mexe-se, e deixa-se apurar em lume branco por mais 5 a 10 minutos. Nesta altura pode juntar-se 1/3 do bechamel, envolvendo bem, retificar os temperos e aromatizar generosamente com oregãos ou outras ervas, conforme o gosto. Manjerona e manjericão são boas opções.

Retira-se a pasta do frigorífico, e fazem-se as placas de lasanha, seguindo as instruções já publicadas aqui.

Para montar a lasanha, começa-se por espalhar um pouco de bechamel no fundo do tabuleiro de vidro temperado, para que a primeira camada não cole, e intercala-se a pasta e o recheio, começando e terminando com as placas de pasta. Cobre-se com o restante bechamel, espalhando bem, e ornamenta-se com folhas de manjericão frescas – e quanto escrevo, imagino que umas rodelas de tomate também dariam o ar da sua graça.

Vai ao forno por 15 minutos a 150ºC, ou até ficar dourado. Bom apetite!

2 pensamentos sobre “Lasanha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s